9 de março de 2013

Papo serio: Depressão


Tumblr_mb5ab4fzbt1rdoju6o1_400_large



Olá meninas, mais uma vez eu sumi mas não vou abandonar o blog, sempre no final de semana, e quando eu tiver tempo vou estar postando alguma coisinha aqui pra vocês. Bom hoje o papo é serio, vou falar um pouco da depressão, mais porque Tati? Bom como prometido, irei fazer um post sobre motivação, e depressão de uma certa forma está ligada com isso, uma pessoa que não tem a motivação, que não gosta do que vê, possivelmente pode entrar na depressão. E muitas vezes você ja pode estar com a doença mais não sabe então irei falar um pouquinho dela hoje.

O que é a depressão:

A depressão é um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. No sentido patológico, há presença de tristeza, pessimismo, baixa autoestima, que aparecem com frequência e podem combinar-se entre si. É imprescindível o acompanhamento médico tanto para o diagnóstico quanto para o tratamento adequado.

Sintomas:

 Humor depressivo ou irritabilidade, ansiedade e angústia
 Desânimo, cansaço fácil, necessidade de maior esforço para fazer as coisas
 Diminuição ou incapacidade de sentir alegria e prazer em atividades anteriormente consideradas agradáveis
 Desinteresse, falta de motivação e apatia
 Falta de vontade e indecisão
 Sentimentos de medo, insegurança, desesperança, desespero, desamparo e vazio
 Pessimismo, ideias frequentes e desproporcionais de culpa, baixa autoestima, sensação de falta de sentido na vida, inutilidade, ruína, fracasso, doença ou morte.
 A pessoa pode desejar morrer, planejar uma forma de morrer ou tentar suicídio
 Interpretação distorcida e negativa da realidade: tudo é visto sob a ótica depressiva, um tom "cinzento" para si, os outros e o seu mundo
 Dificuldade de concentração, raciocínio mais lento e esquecimento
 Diminuição do desempenho sexual (pode até manter atividade sexual, mas sem a conotação prazerosa habitual) e da libido
 Perda ou aumento do apetite e do peso
 Insônia (dificuldade de conciliar o sono, múltiplos despertares ou sensação de sono muito superficial), despertar matinal precoce (geralmente duas horas antes do horário habitual) ou, menos frequentemente, aumento do sono (dorme demais e mesmo assim fica com sono a maior parte do tempo)
 Dores e outros sintomas físicos não justificados por problemas médicos, como dores de barriga, má digestão, azia, diarreia, constipação, flatulência, tensão na nuca e nos ombros, dor de cabeça ou no corpo, sensação de corpo pesado ou de pressão no peito, entre outros

O tratamento:

O tratamento da depressão é essencialmente medicamentoso. Existem mais de 30 antidepressivos disponíveis. Ao contrário do que alguns temem, essas medicações não são como drogas, que deixam a pessoa eufórica e provocam vício. A terapia é simples e, de modo geral, não incapacita ou entorpece o paciente.   A técnica auxilia na reestruturação psicológica do indivíduo, além de aumentar a sua compreensão sobre o processo de depressão e na resolução de conflitos, o que diminui o impacto provocado pelo estresse.Alguns pacientes precisam de tratamento de manutenção ou preventivo, que pode levar anos ou a vida inteira, para evitar o aparecimento de novos episódios de depressão. A psicoterapia ajuda o paciente, mas não previne novos episódios, nem cura a depressão.
Bom porque eu postei isso... Muitas jovens, talvez até alguma seguidora aqui do blog, possa ter depressão, então achei importante relatar sobre isso aqui, mais pra abrir os olhinhos de vocês...  espero que tenha ajudado alguém, e mesmo não tendo a doença é sempre bom saber né. então muitos beijinhos e mais uma vezes desculpa pela minha ausência.

Beijos :* 

9 comentários:

Kiara Castro disse...

é isso realmente é algo sério que pessoas geralmente não dão muita atenção, um caso recente foi do cantor Chorão que uma das causas da morte dele foi depressão, é algo muito sério MESMO.Um dos tratamentos facéis é com animais vi isso em algum documentario...

www.travelforbeauty.blogspot.com

Dinha Vieira disse...

Eu acho esse assunto um tanto complicado. Já tive depressão (ainda sofro, na verdade) e não desejo ao meu pior inimigo. A pior coisa que existe é acordar todos os dias desejando que isso não tivesse acontecido. Parabéns pelo post e por tratar de um assunto importante.
Beijão, Unsaid Things

juufoletto disse...

Passei aqui pra conhecer seu blog e é muiiiito lindo, adorei!
Parabéns pela ideia de post também, tenho certeza que vai ajudar alguém (:
Beijos, já estou seguindo!
http://julianafoletto.blogspot.com.br/

Tati mello disse...

éé por isso que fiz o post, pois não é muito comentada
*-* obrigado por comentar linda

Tati mello disse...

serio amor? bom, é complicado... mais se Deus quiser, vc não vai mais nem lembrar disso um dia *-*
boa sorte minha fllor

Tati mello disse...

obrigado minha linda *---------*

Vinícius Costa disse...

Eu já passei por um momento depressivo severo quando comecei a odiar o que via no espelho. Atualmente ainda não estou totalmente recuperado e às vezes só quero morrer por não estar dentro de um padrão de beleza específico, mas entendo os riscos disso, que é uma doença, na verdade.
Adorei o post e o blog! Estou seguindo, COM CERTEZA!!!
Beijos,
Vinícius - Livros & Rabiscos

Tati mello disse...

é tenso quando isso acontece, a sociedade da medidas de beleza que são fisicamente quase imposiveis de realizar fazendo pessoas como vc se sentirem mal... mais não ligue. saiba que deus ta do seu ladinho a cada momento... vc é lindo aos olhos do pai, isso é importante.
beijos :*

Anônimo disse...

Eu já passei por um momento horrivel da minha vida , quando eu entrei em depreção , eu ainda sofro com isso eu ñ contem para nimguém porque eu tinha vergonha , eu so tenho 14 anos e sou muito magra e todo mundo comenta isso principalmente na escola , eu sempre me achei muito feia, e o padrão de beleza brasileiro são mulheres "SARADAS " :(

Postar um comentário

obrigado por comentar...
não esqueça de seguir *-*
deixe seu link para que eu retribua no seu blog.. :)